sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

priorizar o essencial


Já aqui escrevi cerca de 3580 vezes, que sou obcecada por fazer listas, como também por levá-las literalmente à risca e gostar (adorar) riscar tudo o que tenho feito.
Esta lista serve para tomarmos uma maior consciência de quem somos, de como nos relacionamos com os outros, com aquilo que temos e também com o que desejamos ter, mas acima de tudo ser. 
Um exercício simples mas complexo, que vai servir não só para reflectir, mas acima de tudo para nos consciencializarmos intimamente de tudo aquilo que está bem à nossa frente mas nem sempre conseguimos ver.
Não conseguimos porque estamos muitoooo ocupadas na correria casa-trabalho-casa-miúdos no banho-jantar-miúdos a dormir- desmaiar. Mas mesmo no meio de de uma enorme azáfama familiar, no meio das actividades extra curriculares, das máquinas de roupa para fazer, das reuniões para preparar, dos relatórios por fazer, ventilans, soro fisiológico, casa arrumada, casa num caos, não acordes o teu irmão, quando é podemos ir os dois jantar fora?,...É possível trabalhar a serenidade quando pensamos estar no meio do caos. Parece difícil? Só com magia? Talvez. Acho que é uma motivação para fazer diferente, para fazer melhor. É isso, ou então talvez seja "simplesmente" psicologia positiva...Confere Vizinha F?
Desejo-vos um fantástico fim de semana!

1 comentário:

diz o que pensas

perdidos e achados